Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

 

 

No debate na especialidade do Orçamento do Estado (OE) para 2013 da administração interna, a decorrer no parlamento, Miguel Macedo adiantou que a PSP vai receber no próximo ano 796.9 milhões de euros, mais 13,2 por cento do que em 2012, a GNR 937.9 milhões de euros, mais 9,9 por cento.

 

Por sua vez, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que este ano recebeu 85 milhões de euros, vai auferir 84.1 milhões em 2013.

 

O ministro afirmou que a redução do orçamento do SEF "não se traduz" em menos verbas para aquele serviço de segurança, uma vez que houve estruturas que ficaram integradas na Direção Geral de Infraestruturas e Equipamentos.

 

Miguel Macedo afirmou também que, para o próximo ano, o ministério vai gastar 57 milhões de euros para a integração de todos os elementos da PSP e GNR nos sistemas remuneratórios que entraram em vigor em 2010, promoções e atualização do suplemento das forças de segurança e do subsídio de fardamento.

 

Segundo o governante, o suplemento das forças de segurança vai passar de 18 para 20 por cento e o subsídio de fardamento será aumentado para 300 euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:10

 

 

 

FORÇAS DE SEGURANÇA VÃO CONTINUAR A BENEFICIAR DOS PASSES SOCIAIS

 

O Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou que os elementos das forças de segurança vão continuar a beneficiar dos passes sociais, que continuarão a ser pagos pela PSP e GNR. «O transporte é gratuito para os elementos das forças de segurança, mas não é gratuito para as instituições», referiu o Ministro da Administração Interna, sublinhando que o artigo no Orçamento de Estado para 2013, que impede a atribuição do passe social, «não tem esse efeito» para os elementos da PSP e GNR.

 

Miguel Macedo falava no final de uma reunião no Gabinete Coordenador de Segurança, em Lisboa, onde adiantou que será feita uma alteração ao artigo do Orçamento do Estado que refere que só os elementos em patrulha é que podem usar gratuitamente os transportes públicos.

 

 «Já identificamos que a expressão em patrulha é mais restrita do que aquela que existe e deve existir», referiu Miguel Macedo.

 

No âmbito das medidas em curso, o Ministro da Administração Interna referiu tem sido feito um grande esforço «para cumprir com um conjunto de situações que contribuam para aumentar a previsibilidade da situação profissional dos elementos das forças de segurança e repor situações de injustiça».

 

Miguel Macedo reafirmou ainda que, em janeiro de 2013, «todos os elementos da PSP e GNR vão ser colocados nas tabelas remuneratórios que entraram em vigor em 2010 e o subsídio de fardamento vai passar de 200 para 300 euros».

 

Fonte: MAI


PVA....

 

Finalmente .....

Boas noticias para os profissionais da PSP e GNR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

FARDAMENTO....

por @k, em 10.10.10

 

Polícias gastam muito em fardamento

Os policias gastam anualmente centenas de euros em roupa e objectos de segurança. Vêm-se obrigados a comprar algemas, coldres e até coletes anti-balas face à falta de material nas esquadras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

 

 

 PSP

Polícias chocados com divisas de plástico

As novas divisas dos superintendentes da PSP – que irão tomar posse dentro de semanas – estão a provocar polémica. Em vez de serem em metal, como sempre foram, as divisas colocadas na farda para assinalar o posto passaram obrigatoriamente a ser em PVC

 

«Isto pode fazer sentido quando andamos em trabalho operacional ou expostos aos elementos atmosféricos. Não faz sentido em cerimónias de representação», desabafou ao SOL um oficial da PSP, considerando que está em causa «a dimensão simbólica do poder», que deve ser preservada.

Afinal, adianta, o posto de intendente é um dos mais altos na hierarquia da PSP, sendo que a ele está geralmente associado o cumprimento de tarefas de comando, em vez de tarefas operacionais, ou seja, no terreno.

Apesar da estupefacção generalizada, as novas regras vão em frente.

 PSP moderniza-se

O comissário Paulo Flor, responsável pelas relações públicas da PSP, explicou ao SOL que as alterações obedecem ao novo plano de uniformes, que está a ser gradualmente aplicado.

Desvalorizando algum mal-estar na corporação, lembra que a instituição soube sempre lidar com várias mudanças ao longo dos anos. «A Polícia já foi cinzenta e teve de passar a azul», afirmou.

Quanto ao novo material das divisas, o PVC, explica que faz parte de «um fardamento mais novo, mais dinâmico, maleável e operacional». As novas divisas estão a ser já colocadas nas fardas dos oficiais da PSP que serão promovidos em breve.

Segundo apurou o SOL, houve um problema no primeiro lote executado e a fábrica foi obrigada a fazer novas identificações, mas a PSP não alterou o material escolhido.

 Fonte  Por Helena Pereira   

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

 

 

Cada vez mais polícias compram material à sua custa

O medo de serem agredidos ou baleados está a levar cada vez mais polícias a gastar do seu bolso para comprarem equipamento de protecção. Há empresas que fazem descontos e deixam pagar a prestações.
Os agentes da PSP e militares da GNR estão a comprar, às próprias custas, equipamento básico de protecção pessoal que não está a ser garantido pelos comandos. Chega ao ponto de as maiores estruturas sindicais destas forças de segurança terem feito acordos com empresas privadas para conseguirem descontos e facilidades de pagamento a prestações.
Segundo informação recolhida pelo DN, estas aquisições aumentaram 40% no último ano e os pedidos de informação duplicaram.
Fonte:
por outro lado, o Director Nacional da PSP afirma que...
"Não falta equipamento aos agentes da PSP"
 

PVA....
pensa que ambos (ASPP e DN/PSP) estão a exagerar.....
Uns no "arsenal" pretendido... o outro no "alfaiate"....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D