Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Segurança "vai piorar"....

por @k, em 28.10.10

 

  

 

 

Orçamento do Estado

Segurança "vai piorar", advertem sindicatos e associações da polícia

 

Os sindicatos e associações das forças e serviços de segurança alertaram hoje os grupos parlamentares da oposição de que "a segurança vai piorar" em Portugal se for aprovada a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2011.

A Comissão Coordenadora Permanente dos Sindicatos e Associações dos Profissionais das Forças e Serviços de Segurança esteve hoje reunida com o PSD, CDS/PP, BE e PCP, a quem disseram que a polícia não pode funcionar a "meio gás".

 

Os sindicalistas transmitiram ainda aos deputados "preocupação" por a proposta de Orçamento não contemplar as verbas necessárias para ser prestada uma "segurança de qualidade" aos cidadãos, disse à agência Lusa Paulo Rodrigues, secretário nacional da Comissão.

 

No caso concreto da PSP, Paulo Rodrigues, que dirige a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia, mostrou-se preocupado com o "impacto negativo" que a proposta de Orçamento para 2011 terá ao nível das remunerações dos polícias.

 

O sindicalista disse que, por exemplo, as verbas previstas para a PSP em 2011 não serão suficientes para pagar os salários e a assistência na doença a que os polícias têm direito, temendo que a contenção orçamental ponha também em causa a aquisição e reparação de carros patrulha da PSP.

 

Segundo Paulo Rodrigues, os problemas que esta proposta de Orçamento coloca à PSP são "transversais" a todas as forças e serviços de segurança e tanto os sindicatos como os grupos parlamentares da oposição temem não estarem garantidas as verbas necessárias para uma segurança dos cidadãos "de qualidade e de exigência".

 

A Comissão Coordenadora Permanente dos serviços e associações do sector da segurança já decidiu apelar à participação na manifestação de 06 Novembro e assumir uma "postura mais preventiva do que repressiva" a 24 de Novembro, dia da greve geral, em protesto contra os cortes orçamentais.

 

Fazem parte desta Comissão a Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR), Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP), Associação Sócio-Profissional da Polícia Marítima (ASPPM), Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SCIF/SEF), Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP) e Associação Sindical dos Funcionários da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASF-ASAE).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

FARDAMENTO....

por @k, em 10.10.10

 

Polícias gastam muito em fardamento

Os policias gastam anualmente centenas de euros em roupa e objectos de segurança. Vêm-se obrigados a comprar algemas, coldres e até coletes anti-balas face à falta de material nas esquadras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37


Mais sobre mim

foto do autor